Projeto Reciclando Ideias vais as escolas

Criando uma cultura  de reciclagem - trabalhando agora para melhorarmos o nosso futuro.



 

Notícias e Artigos online

» Escola lucra com reciclagem do lixo
» Ciclo da reciclagem se completa com a indstria
» Meio Ambiente realiza projeto para estudar tartarugas de gua doce
» Sociedade civil e governo vo discutir resduos slidos em 2013
» Ainda baixa reciclagem no Brasil: menos de 2%


A MONTEPEL foi fundada em 2002 com a finalidade de aproveitar os resíduos gerados primeiramente pela população de Montenegro e hoje já recicla material dos municípios vizinhos. (+) leia mais sobre a Montepel
O objetivo da reciclagem é aproveitar os materiais e reutilizá-los no processo de produção de onde se originaram. Estes são coletados, separados, e processados para serem utilizados novamente como matéria-prima de novos produtos.





Vem aí uma nova ideia


Solidarizando - Transformando lixo em Carinho - Você poderá doar o seu resíduo em nome de alguma instituição cadastrada.

 

 

Horário de Atendimento
Segunda: 08h às 12h e das 13h30min às 17h30min
Terça à sexta: 08h à 12h e das 13h às 18h

Tags: reciclagem de papel, plástico, metais e resíduos, Montenegro, Santa Rita, Triunfo, Portão,
São Sebastiao do Cai, Marata, Brochier, RS

 

Montepel
Assessoria Ambiental

Rua Hortêncio Rodrigues Machado, 40
Bairro Industrial | Montenegro/RS
Fones: (51)3649-3749  |  (51)99707-3575
e-mail: montepelreciclagem@gmail.com

WEBMAIL  |  criação: sitesrapidos.com.br

Mensagem aos nossos clientes     [fechar]

A Montepel está apta para transportar e destinar resíduos com o uso do MTR eletrônico

A ferramenta, implantada na FEPAM (Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luís Roessler) e cedida pela Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma), com o apoio da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre), permite o monitoramento em tempo real todas as etapas da cadeia de resíduos sólidos no estado gaúcho, incluindo a geração, o armazenamento, o transporte, o tratamento e a disposição final, mesmo quando a origem ou o destino dos rejeitos for fora do território estadual.

Trata-se de um sistema declaratório digital que passa a ser obrigatório para todas as empresas geradoras de resíduos.

A iniciativa prevê ainda que toda a movimentação de resíduos sólidos no estado deve, obrigatoriamente, ser acompanhada do Manifesto de Transporte de Resíduos e Rejeitos (MTR). Basta a empresa geradora acessar o site do órgão ambiental, cadastrar-se e emitir os manifestos.

“Vale lembrar que o sistema declaratório é uma obrigação legal do poder público, estabelecida pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e também por diversas leis estaduais”, ressalta Carlos Fernandes, presidente da Abetre.

A Montepel já pode operar no modelo eletrônico, tanto no transporte como na destinação dos resíduos classe II. Importante se adequar a legislação que passa a ser obrigatória em abril, qualquer dúvida, podemos contribuir.